Existe gordinho saudável?

A obesidade por si só está associada a maior risco de diversas doenças, assim como ao aumento de mortalidade. Diversos são os motivos para este incremento de morbidade, como as questões cardiovasculares, infecções e câncer!

No entanto, na prática diária da endocrinologia e metabologia, nos deparamos com situações aparentemente contraditórias. Solicitado exame de um paciente com excesso de peso e… TUDO NORMAL!! E aí, será que não há nada pra fazer? Seria aquele um obeso abençoado? Foi escolhido para, apesar de todos os efeitos sabidos da gordura visceral e seu papel inflamatório no organismo, ser salvo de suas perversas consequências?

Recente estudo nos ajudou a jogar luz sobre este assunto. Os pesquisadores pegaram gordura subcutânea de três tipos de pacientes: peso normal, obesos com exames de sangue normais e obesos com exames de sangue alterados.

Nesse tecido gorduroso, dosaram a atividade de vários genes que causam doenças. E o resultado foi que a expressão estava alterada, no sentido de causar mais doença, tanto nos obesos com exames de sangue normal, quanto nos que tinham já alterações detectáveis.

Por isso, sempre vale a pena tratar se estamos acima do peso. Não importa como estão nossos exames. Sua alteração pode ser uma questão de tempo, ou não. Podem até não chegar a se alterar, mas a chance de doenças se manifestarem independentemente disso está lá!

Se você estiver acima do peso e fizer atividade física, provavelmente estará reduzindo um pouco este risco. Contudo, o simples fato do peso estar aumentado é, em si, um fator muito forte de perigo.

Um abraço

Dr Thiago Napoli

Referências

http://www.cell.com/cell-reports/pdf/S2211-1247(16)31014-2.pdf

https://www.sciencedaily.com/releases/2016/08/160818131127.htm

Entre em contato / Agende uma consulta share

sem comentários 

Deixe um comentário!